Reeducação Alimentar: afinal, o que é?

Muito se fala dessa tal reeducação alimentar. Mas afinal, do que se trata? Hoje em dia, a maneira mais eficaz de você conseguir atingir e manter seu peso ideal com saúde, é mudando suas escolhas alimentares para escolhas mais saudáveis. É a fórmula encontrada pelos profissionais nutricionistas para reeducar você: ensinar a comer o ideal para seu corpo, sem excessos nem carências.

reed3

Bons hábitos alimentares podem ser responsáveis por um processo de mudança comportamental que faz com que a pessoa passe a consumir somente o alimento necessário para o organismo. A reeducação alimentar tem como objetivo uma alimentação variada, sem restrições. O grande segredo de fazer uma alimentação mais saudável é respeitar a individualidade.

Ou seja, quanto mais próximo da realidade de cada um, mais fácil será o processo de mudança. Vários fatores devem ser levados em consideração para a elaboração de um cardápio que proporcione um emagrecimento e a manutenção do peso: idade, profissão, peso, horários e rotina diária, tempo disponível para realização das refeições, patologias existentes, condições sócio-econômicas, necessidades nutricionais e alergias alimentares.

reed

O processo educativo implica em mudanças que devem acontecer aos poucos! Assim, a probabilidade de terem continuidade, uma vez incorporadas, é muito maior. É possível, sim, emagrecer e manter um peso saudável através de bons hábitos alimentares.

Mas existem algumas regrinhas básicas para te ajudar nessa empreitada. Deixo abaixo algumas orientações básicas que podem te ajudar a encontrar o sucesso da reeducação alimentar:

reed4

  • Cinco a seis refeições por dia, ou a famosa frase: comer de 3h em 3h.

(É válido se alimentar a cada 3-4h para evitar baixa do nível gliêmico, o que pode aumentar sua vontade de comer, além de desregular hormônios importantes para o equilíbrio do organismo.)

  • Beba diariamente pelo menos dois litros de água. A conta é 35ml para cada kg de peso;
  • Faça da FRUTA a sua aliada dos intervalos das principais refeições: pode ser ao natural, desidratada, em sucos…
  • Procure não abusar de líquidos durante as refeições;
  • Evite molhos e temperos prontos e à base de gorduras;
  • Não consuma alimentos perecíveis que estejam expostos ao meio ambiente (salgadinhos, espetinhos e doces cremosos);
  • Consuma regularmente alimentos ricos em fibras: cereais integrais, frutas com casca e bagaço, vegetais e grãos;
  • Prefira preparações grelhadas, assadas ou cozidas;
  • Consuma carnes magras e reduza seu consumo de carne vermelha;
  • Escolha um dia da sua semana e faça um cardápio vegetariano: descubra novos sabores!

Nutritionist female Doctor in her office. Focus on fruit

Mas é importante deixar claro que estas dicas não substituem uma consulta ou acompanhamento de um nutricionista e não se caracteriza como sendo um atendimento, OK? Para acompanhar você no passo-a-passo da reeducação para atingir seus objetivos, seja o emagrecimento, ou dietas específicas para ganhar massa magra, driblar alergias, etc. o contato com um profissional de nutrição é fundamental.

reed5