Começou nesta terça (04/04) o 21º Simpósio de Cafeicultura das Matas de Minas.

Com a qualidade da bebida em ascensão e mercados cada vez mais exigentes, o objetivo desta edição é a difusão de tecnologias que garantem ao Café das Matas de Minas uma identidade e padrão únicos. O evento reúne cafeicultores, empresários, pesquisadores, técnicos e engenheiros agrônomos ligados à cadeia produtiva do café na região das Matas de Minas.

A abertura do evento foi feita pelo Presidente da Associação Comercial, Industrial e de Agronegócios (ACIAM) Silvério Afonso Júnior. Ele destacou o apoio das entidades parcerias, do Governo de Minas Gerais, Codemig e Prefeitura de Manhuaçu e a participação de mais de 50 empresas expositoras. “Estamos muito felizes com a abertura de mais um simpósio. Esse evento se tornou tradição na nossa região e também é considerado o palco das novas tendências e informações para os produtores, que são o nosso foco. Aproveitem ao máximo as novidades e notícias e produzam um café cada vez melhor”, desejou.

Presente na abertura do evento, o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Pedro Leitão, destaca a importância do encontro para o diálogo entre os representantes da cadeia produtiva do café. “Dessa troca de experiências podem surgir propostas viáveis para o crescimento e fortalecimento do setor, tão importante para a região e para o Estado. O simpósio tem essa função de fomentar a discussão sobre as principais dificuldades e potencialidades do segmento”, afirma.

A cerimônia de abertura também contou com a presença da Prefeita de Manhuaçu Cici Magalhães, do Presidente da Associação de Cafés Especiais Alexandre Leitão, os deputados federais Subtenente Gonzaga, Mário Heringer e Evair Vieira de Melo e o deputado estadual Bráulio Braz.

O presidente do Sindicato Rural Lino da Costa e Silva, o diretor da FAEMG Breno Mesquita, o Comandante do 11º BPM Tenente-coronel Sérvio Túlio e a cafeicultora Cintia Matos, da Aliança Internacional das Mulheres Cafeicultoras também integraram a mesa de abertura.

O Presidente do Conselho das entidades do Café das Matas de Minas Sebastião de Lourdes Lopes apresentou o vídeo institucional da Região do Café das Matas de Minas.

Já o produtor rural Rafael Marques de Araújo, do distrito de Dom Corrêa, foi homenageado pela conquista do 26º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade de Café para Espresso.

EVENTO CONTINUA NESTA QUARTA

O Simpósio será realizado até a próxima sexta (7/04) e vai abordar temas como o mercado de café e suas perspectivas, as características sensoriais dos cafés das matas de Minas, o gerenciamento de propriedades cafeeiras, a renovação e recuperação de cafezais, dentre outros.

DIA 05/04 – QUARTA-FEIRA

09h – Palestra: Agricultura de Precisão e seu uso na Cafeicultura
Palestrante: Professor Daniel Marçal de Queiróz – Universidade Federal de Viçosa
10h – Palestra: Características Sensoriais dos Cafés das Matas de Minas
Palestrante: Professor Samuel de Assis Silva – Universidade Federal do Espírito Santo
11h – Palestra: Previsão Climática para a Estação Chuvosa 2017/2018 – Cenários climáticos para os próximos anos
Palestrante: Prof. Ruibran Januário dos Reis – Climatologista, PUC Minas – Climatempo
14h – Painel de Qualidade & Mercado de Cafés Especiais
Palestrante: Paula Dulgheroff – Tecnóloga em Alimentos / Mestre de Torra com Classificação e Degustação de Café.
Palestra: Panorama da Produção Regional e do Mercado para Cafés de Origem Controlada
Palestrante: Sérgio Cotrim D’Alessandro – Consultor de Cafés Especiais

Mais informações podem ser obtidas no site do evento:www.simposiodecafeicultura.com.br.