Médico Francisco Lanna é destaque na Copa Minas

0
511

Mais uma vez, o médico manhuaçuense Francisco Lanna foi destaque durante a prova de mountain bike realizada neste domingo, em Manhuaçu. Foi o segundo colocado na categoria Master C-2 (acima de 55 anos).

Dr. Francisco Lanna

O jovem Ygor Nascimento brilhou mais uma vez. O manhuaçuense fez bonito em sua terra natal e conquistou o primeiro lugar geral.

A segunda etapa da 5ª edição da Copa Minas de Mountain Bike foi realizada no dia 30. O evento esportivo é da Fênix MTB, com apoio da Prefeitura de Manhuaçu, por meio da Secretaria de Esportes, e a supervisão da Federação Mineira de Ciclismo.

A largada e chegada aconteceram na Escola Municipal Ponte da Aldeia num percurso de 33 km de extensão e 20 categorias, possibilitando a participação de atletas profissionais e amadores, com idade a partir de doze anos. A competição é oficial e vale pontos para a Copa Minas e para o Ranking da Federação Mineira de Ciclismo.

INCENTIVO

O atleta Francisco Lana falou sobre a competição e comemorou o segundo lugar neste ano.  “Foram 30 km de circuito com muito barro e adrenalina. Numa prova que compareceram mais de 100 atletas de Minas e de outros estados, obter esse resultado na minha categoria é um incentivo para mim”, comemorou.

Médico ortopedista, Francisco Lanna despertou para a prática do ciclismo há apenas dois anos. “Jamais pensei que algum dia poderia estar participando de competições por causa da idade um pouco mais avançada. Iniciei com alguns passeios nos finais de semana, com o passar do tempo fui levando o ciclismo cada vez mais a sério. Ano passado fiquei em terceiro, agora consegui o segundo lugar”, disse Francisco Lanna.

Motivado por amigos e familiares, Francisco Lanna iniciou a participação em provas e agora é um atleta competidor. “Participo de provas que recebem renomados atletas que estão na minha faixa etária. Tenho conseguido excelentes resultados, principalmente para a minha saúde”, destacou lembrando que já conseguiu uma incrível marca de ter perdido mais de 15 quilos.

Para Francisco Lanna, praticar esporte é fundamental em qualquer idade, desde que a pessoa tenha o acompanhamento de um profissional da saúde. Para isso, a dedicação é o principal segredo. “Tenho levado uma vida cada vez mais saudável. Não consumo determinados tipos de alimentos e evito o máximo o consumo de bebidas alcoólicas, além do apoio de profissionais da área de educação física e do ciclismo”, afirmou.]

CICLISMO X ENVELHECIMENTO

O avanço dos anos traz consigo a perda progressiva de massa muscular, o que provoca a diminuição da força e, consequentemente, da capacidade funcional. Em pessoas sedentárias na faixa dos 50 aos 70 anos, esta perda pode ser de 15% a cada 10 anos. A partir dos 70, este percentual negativo pode acumular 30% a cada década. Assim como outras atividades físicas, o ciclismo para idosos ajuda a retardar alguns dos efeitos do envelhecimento. O aperfeiçoamento da noção de equilíbrio, que com a idade fica comprometido, é mais uma vantagem atribuída ao esporte.

A melhoria da resistência dos músculos, sobretudo dos de coxas, panturrilhas, glúteos e abdômen, se dá a partir de treinos de força muscular, uma das características do ciclismo para idosos, prática que, da mesma maneira, traz benefícios para quem sofre de osteoporose à medida que também contribui para o aumento da massa óssea.

O ciclismo facilita a queima de gordura, o que pode impactar na redução de níveis de colesterol. Também é relacionado ao alívio de sintomas de estresse e hipertensão. Além disso, o esporte incentiva a socialização ao convidar os praticantes a passeios e competições, logo, a conhecer pessoas novas, o ciclismo para idosos contribui à redução do isolamento social e a depressão.

Mesmo exercendo a medicina, uma profissão que exige bastante dedicação, o ortopedista Francisco Lanna tem conseguido conciliar o trabalho com a prática esportiva. “Tenho levado uma vida sem estresse, praticando um esporte em que me realizo cada vez mais. A melhor coisa é praticar uma atividade física que lhe satisfaça. Pegar a bike e pedalar, tem sido a melhor receita para a minha saúde”, destaca Francisco Lanna, esbanjando vitalidade.

Redação do Portal Caparaó

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here