Entrevista com a Dra. Bárbara Amaranto

A advogada Bárbara Amaranto explica porque escolheu Manhuaçu para expansão da ACV

A advogada 1) Como nasceu a ideia do ACV?

O escritório surgiu da vontade dos sócios em oferecer um serviço moderno e técnico, capaz de atender todas as necessidades do cliente, não de maneira geral, mas de forma individualizada, sendo cada demanda gerida pela equipe de advogados especialista em cada área.

2) Quais as áreas de atuação jurídica do escritório?

Atuamos prioritariamente direcionado às empresas, com um modelo de escritório “boutique”, onde atendemos nossos clientes de forma única, por meio de uma equipe especializada com grande experiência técnica nas áreas tributária, trabalhista, cível, empresarial e administrativa.

3) Por que os sócios do ACV resolveram abrir uma filial do escritório em Manhuaçu?

Com a experiência advinda dos vários anos trabalhando em grandes escritórios da capital, e após um retorno rápido e positivo do ACV-BH, decidimos ampliar nossa atuação. A cidade de Manhuaçu foi nossa primeira opção para expansão, vez que já tínhamos conhecimento da potencialidade da cidade e de seu grande crescimento econômico.

4) E como vocês analisam o mercado de Manhuaçu?

Não só a cidade, mas toda a região possui grande arrecadação, riquezas e crescimento exponencial, onde existe um leque de oportunidades jurídicas nas quais podemos atuar.

5) Dentro desse novo mercado, quais os resultados o escritório busca para seus clientes?

Nosso foco principal é tirar do cliente a sua preocupação em relação às questões jurídicas, por meio de atuação consultiva e contenciosa, buscando a redução dos passivos e majoração dos lucros. Criar uma sintonia com o cliente, conhecendo suas rotinas, levando a uma relação de confiança na parceria firmada.